O site da Mural do Treino utiliza cookies. Saiba mais sobre nossas Políticas de Cookies clicando aqui. Ao navegar você concorda com a sua utilização.
Saiba mais sobre os cookies em nossa Advertência Jurídica e Políticas de Privacidade

Como Calcular o Ritmo Cardíaco Ideal para Queima de Gordura

Thumb Como Calcular o Ritmo Cardíaco Ideal para Queima de Gordura

As atividades físicas são um dos pilares do processo de emagrecimento e poucos sabem, mas um fator diretamente relacionado aos exercícios físicos, a frequência dos batimentos cardíacos, pode influenciar bastante na guerra contra a balança. Mais especificamente, existe uma zona-alvo, intervalo dentro do qual se deve manter a frequência cardíaca (FC), para que a queima de gordura aconteça de forma mais proveitosa.

Porém, esse conceito vem passando por reformulações após análises recentes e você entenderá porque nos próximos parágrafos. Entenda mais sobre como calcular o ritmo cardíaco ideal para queima de gordura!

Consigo controlar minha frequência cardíaca para emagrecer?

Sim, isso é possível. Ao praticar quaisquer atividades físicas é perceptível por qualquer um que os batimentos do coração aceleram, e essa frequência dos batimentos pode ser controlada. Dessa forma, o coração, além de mostrar como está seu desempenho físico, ajuda também a regular seus objetivos, abrangendo desde aqueles que desejam apenas se manterem saudáveis, até os que querem queimar calorias.

Focando nesse último grupo citado, antes dos anos 2000 a já citada zona-alvo para quem deseja emagrecer se concentrava entre 60% e 70% da FC máxima.

Como calcular o ritmo cardíaco ideal para a queima de gordura

Apesar de já existirem tabelas prontas por toda a internet, calcular seu batimento ideal, caso seu objetivo seja perder peso, é bem simples. Basta tirar sua idade atual do número 220. Após achar o valor dessa subtração, multiplique-o separadamente pelas porcentagens referentes à zona-alvo indicada para a perda de gordura: 60% e 70%. No final, você achará dois números, sendo eles os limitadores do intervalo em que seus batimentos devem estar situados.

Exemplo de como calcular o ritmo cardíaco: Você tem 32 anos. Assim, 220-32=188. Multiplicando pelas porcentagens, encontra-se os valores aproximados de 113 (188×0,6; 0,6=60%) e 132 (188×0,7; 0,7-70%). Dessa forma, seus batimentos ideais para uma melhor queima de gordura estão entre 113 bpm e 132 bpm.

Como usar minha frequência cardíaca para queimar gordura?

Atualmente, o conceito da intermitência entre mais de uma zona de batimentos cardíacos é tido como uma forma mais proveitosa do controle da FC para fins de queima de gordura. Em outras palavras, estudos sobre o assunto mostram que variar entre momentos de esforço maior (entre 80% e 90% da FC máxima) com momentos dentro do limite da zona-alvo para o emagrecimento são mais eficientes do que se manter apenas dentro do limite da zona-alvo. Assim, durante exercícios físicos como a bicicleta, intercalar períodos de tempo exigindo mais de seu corpo com outros mais leves, ou seja, ainda dentro da zona-alvo, é o mais indicado.

Para que esse controle seja mais eficiente, se faz necessário o uso de um medidor de batimentos cardíacos para que você consiga monitorar melhor todo o processo. Se ele disponibilizar ainda informações sobre quantidade de calorias gastas, melhor ainda, pois seu controle da perda de peso poderá ser feito com muito mais precisão, incentivando-o a cada vez se dedicar mais para alcançar seus objetivos.

Lembre-se de que, embora tenha como calcular o ritmo cardíaco para detonar com a gordura, é importante conhecer seus limites para que acidentes ou outras situações que possam trazer algum dano físico aconteçam e o atrapalhem na busca por um corpo mais saudável. Para mais esclarecimentos, procure um preparador físico.

Envie seu comentário:

Você também pode gostar:

Publicidade


Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE